Para conscientizar a população sobre a preservação ambiental, a Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (SEMARH), promove de sexta (8) à domingo (10), a segunda edição do ‘Projeto ECONOEL 2023’, que propõe uma intervenção artística usando materiais recicláveis, promovendo a sustentabilidade local. A iniciativa é uma em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SEMED). 

A atividade será realizada no Parque Ecológico e vai contar com o espetáculo sinfônico com a Orquestra NEOJIBÁ de Lauro de Freitas, sob regência do maestro Alexandre Guimarães. Na sexta-feira (08), primeiro dia da ação, o espaço será aberto para visitação de alunos da rede municipal de ensino. Na oportunidade, serão distribuídas mudas de plantas como incentivo ambiental, a fim de transformar o espaço em laboratório verde para aulas expositivas, além de atividades educativas propostas e desenvolvidas pela SEMED. 

O secretário da SEMARH, Alexandre Marques, destacou a ação. “A primeira edição do ECONOEL trouxe para a população um olhar diferente para as festas natalinas, pois além de trazer a mensagem de união, busca incentivar práticas sustentáveis, através de atitudes simples do dia a dia. E o papel da SEMARH é reforçar que é possível celebrarmos os momentos especiais, sem esquecer da importância da perspectiva ambiental para que nossas ações façam a diferença no mundo”, explicou o secretário. 

De acordo com o titular da pasta, o ECONOEL 2023 tem como objetivo inspirar a todos, em especial jovens estudantes que contribuirão com a construção cenográfica do nosso Natal. “Resíduos sólidos que antes eram descartados, serão utilizados na ornamentação, sob a lógica da reciclagem, o que só foi possível graças à participação das escolas municipais que produziram materiais decorativos durante todo o ano letivo. Este ano, o ECONOEL será ainda mais especial com a participação da Orquestra Sinfônica NEOJIBÁ para finalizarmos em grande estilo. Tenho certeza que a nossa comemoração será mais verde, inclusiva e sustentável”, completou o gestor. 

A iniciativa destaca a renovação e a esperança por um futuro mais verde. Utilizando a cor como símbolo, o projeto é importante para impulsionar, especialmente as crianças, a participarem de ações que têm como finalidade auxiliar e promover para que se tenha um meio ambiente mais limpo e biodiverso, ressaltando, claro, a importância da educação ambiental. No local serão desenvolvidas atividades sobre a educação ambiental no Parque Ecológico, envolver a comunidade em ações ambientais, despertar a consciência ambiental em alunos e familiares e instruções a como reutilizar materiais recicláveis na cenografia.

 

Márcio Brito
Serrinha-BA, Blogueiro, Redator, Repórter, Rádio, Site, Magistério, Direitos Humanos, Limpeza Urbana, Manejo de Resíduos Sólidos, Material de Const. e Hospitalar.

    Prefeitura entrega reforma do CRAS Caji para fortalecer assistência social no município

    Artigo anterior

    IBGE revisa para 3% o PIB de 2022

    Próximo artigo

    Você pode gostar

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *