Com a chegada das férias do mês de julho, o número de visitantes no litoral sul da Bahia cresce consideravelmente por conta das praias e belezas naturais da região. Atendendo a essa demanda de turistas, os aeroportos de Ilhéus, Una e Porto Seguro ganharão voos extras entre os meses de junho, julho e agosto, aumentando a movimentação total de passageiros, que deve ultrapassar 280 mil pessoas, somando os três locais.

De acordo com a Concessionária Socicam, O “Aeroporto Jorge Amado”, em Ilhéus, terá um aumento de aproximadamente 17% na frequência de voos durante o período mencionado, com um total de 96 viagens extras complementando os 550 regulares. A previsão é que 160 mil passageiros utilizem o aeroporto, com voos que partem e chegam de São Paulo, Campinas, Belo Horizonte e Salvador.

Da mesma forma, o “Aeroporto de Comandatuba”, em Una, ampliará sua capacidade em 10%, com quatro voos extras além dos 40 regulares, esperando atender cerca de 10 mil passageiros, principalmente de São Paulo e Belo Horizonte.

Já no “Aeroporto de Porto Seguro”, na Costa do Descobrimento, 73 voos extras serão ofertados somente em julho, além dos 664 regulares, segundo a Concessionária Sinart. Estes números representam um crescimento de aproximadamente 11% na frequência de viagens da região. Mais de 110 mil passageiros devem passar pelo terminal neste mês, com voos nacionais e internacionais para destinos como São Paulo, Campinas, Brasília, Salvador, Belo Horizonte e Buenos Aires.

Além disso, para incentivar ainda mais a expansão dos voos, a Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) está implementando melhorias nos aeroportos regionais. “Em Porto Seguro, estamos realizando a pavimentação da pista de pouso e decolagem e a regularização das faixas laterais. A obra possibilitará a retomada de voos na capacidade máxima permitida no aeroporto. Já no aeroporto de Ilhéus, a obra de ampliação e modernização foi recentemente finalizada”, contou o secretário Sérgio Brito.

Márcio Brito
Serrinha-BA, Blogueiro, Redator, Repórter, Rádio, Site, Magistério, Direitos Humanos, Limpeza Urbana, Manejo de Resíduos Sólidos, Material de Const. e Hospitalar.

    Governador do RS projeta perda de arrecadação de R$ 5 bi a R$ 10 bi – ccnnews.com.br

    Artigo anterior

    Governo antecipa R$ 680 milhões do ICMS de 2025 ao Rio Grande do Sul – ccnnews.com.br

    Próximo artigo

    Você pode gostar

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Mais em Diversos